Feedback: uma ferramenta de poder

Muitas vezes é difícil lidar com a realidade, não é verdade? Não é difícil nos pegarmos imaginando se estamos indo para o caminho certo nas nossas vidas. E são nesses momentos que muitas pessoas encontram nos games uma “escapada” da realidade. No mundo virtual desses games, os jogadores conseguem sempre saber se o caminho onde eles estão é o certo ou não. E como eles conseguem saber isso? Graças ao feedback.

Quando o feedback é dado na hora certa, ele vira uma bússola que te mostra para onde ir e o que fazer. Quando você erra no jogo, você não passa para o próximo nível e você pode ficar tentando e tentando até conseguir e o feedback no momento certo te ajuda a manter motivado para tentar. O feedback faz você se preocupar menos em errar e mais em aprender para evoluir e todo game faz isso o tempo todo com os jogadores. Nós podemos dividir o feedback em dois tipos: consciente e subconsciente.

Feedback consciente

Toda informação sobre suas ações estão lá para te mostrar o progresso das suas atividades, então isso é considerado um feedback consciente. Ele é usado para motivar as pessoas, dando sinais que elas estão no caminho certo e em alguns casos mostrando para os jogadores quando eles conquistam algo. E com esse feedback, os jogadores podem ver onde eles estão no game e comparar com outros jogadores utilizando rankings e isso pode ser recompensador ao mesmo tempo que mostra para os que estão na parte de baixo que eles devem tentar melhorar para alcançar os primeiros lugares.

Feedback subconsciente

Mecanismos de games nos dão feedback que não podemos ignorar e que geralmente nos deixam alertas sobre o nosso progresso. É uma ferramenta importantíssima já que o subconsciente pode ser até mais poderoso que o consciente. Imagine um jogo de corrida onde quando você aperta o botão para a esquerda e o carro na tela se move para a esquerda. Isso é um feedback subconsciente, e ele está conectado com a motivação intrínseca quando estamos jogando um game. Se você aperta o botão e o carro demora para se mover, o feedback deixa de ser subconsciente. E com isso, os críticos e os jogadores vão odiar o game, fazendo com que ele seja um fracasso pois ele vai causar danos à motivação intrínseca dos jogadores.

Feedback na vida real

Agora que já temos uma ideia sobre o que é feedback, vamos voltar à realidade. A vida real não nos dá o feedback que precisamos automaticamente e às vezes ele até está lá mas a gente não o reconhece. E pessoas que têm acesso a esse feedback tem muito mais chances de serem sucedidas. E é nessa hora que a gamificação pode fazer a diferença, já que aplicar mecanismos de feedback apropriados é um dos seus ingredientes mais importantes. Uma plataforma de gamificação permite que o gestor acompanhe em tempo real o desempenho de cada colaborador. Assim, de acordo com as metas, é possível identificar com mais facilidade e rapidez os pontos a serem melhorados, apontando e analisando os comportamentos positivos e negativos da sua equipe. É através dessa análise que os gestores avaliam os resultados da organização para conseguir identificar o que deve ser melhorado. E é por isso que o feedback corporativo é um dos principais responsáveis pelo crescimento das empresas.

Venha saber mais sobre gamificação e utilize nossa plataforma de forma gratuita por um mês! Saiba mais AQUI.

Se quiser saber mais sobre feedback corporativo, clique AQUI.

 

Deixe um comentário