time de vendas

Guia definitivo sobre GAMIFICAÇÃO

Gamificação. Um termo que você com certeza já deve ter ouvido falar. Mas afinal, o que é gamificação? Como ela funciona? Como implementar?  Suas perguntas serão respondidas nesse artigo definitivo e simplificado sobre o que é a gamificação.

O que é gamificação?

Gamificação é aplicar mecânicas e dinâmicas de jogos em algo que não seja um jogo. É utilizar essa mecânica, dinâmica e lógica presente nos games e aplicá-las em situações que não estejam dentro de um contexto de jogos.

Como ela funciona?

Ela funciona adotando os elementos e/ou mecânicas de jogos para aumentar o engajamento de um profissional ou de uma equipe nas suas tarefas dentro da empresa. Missões, desafios, pontuações e rankings, avatares e principalmente prêmios e medalhas fazem parte desses elementos.

Por que ela funciona?

A gamificação funciona pois afeta algo excepcional para um bom profissional: a motivação. Quando falamos de jogos, provavelmente estes são os elementos mais presentes: todos possuem um objetivo, apresentam um desafio e oferecem uma recompensa em troca do sucesso. Pode ser desde uma sensação de “missão completa” até um prêmio em dinheiro. E as duas coisas estimulam o melhor desempenho pois motiva o profissional a sempre quere mais.

Como funciona uma plataforma de gamificação?

Esses são os 4 elementos básicos que fazem parte de uma plataforma de gamificação:

1. Acompanhamento de métricas de sucesso

Um dos elementos mais fundamentais de qualquer jogo é a criação de condições de vitória. Ou seja, há um objetivo e uma forma clara de identificar quando ele foi atingido. O gol em um jogo de futebol, uma linha de chegada em uma corrida, etc.

Para que seja possível acompanhar o progresso dos seus colaboradores, você precisa de um indicador de sucesso. Uma métrica que reflita o resultado esperado do trabalho que eles realizam. Número de vendas, índice de reclamações, taxa de conversão, tudo pode ser utilizado para medir o desempenho.

2. Criação de metas de acordo com resultados anteriores

A partir das métricas que citamos acima, devem ser gerados objetivos bem definidos. Um número de conversões por mês, o total de faturamento anual, entre outras coisas, podem ser metas, tanto para a empresa como um todo quanto para cada setor individual.

A plataforma de gamificação empresarial também permite avaliar desempenhos anteriores, o que ajuda a criar metas mais desafiadoras e, ao mesmo tempo, dentro da capacidade atual da equipe. Da mesma forma, o sistema também ajuda a apontar quais recompensas são mais relevantes, o que é outro componente fundamental da gamificação.

3. Aceleração do feedback

Algo que contribui muito para o estado de alta concentração que vemos em pessoas que jogam certos games altamente dinâmicos é o feedback quase imediato. Da mesma forma que tocar um instrumento ou praticar uma arte marcial, o resultado fica aparente quase imediatamente após a ação. E quanto menor for o tempo de espera, mais intenso tende a ser o foco, contribuindo para o melhor desempenho em várias tarefas.

4. Promoção de uma cultura de resultados

A gamificação não tem a ver apenas com uma ferramenta, mas também com a cultura da empresa.  Afinal, é ela quem guia persistentemente o desempenho. Essa plataforma ajuda a implantar uma cultura focada em desempenho e resultados, levando cada profissional a alcançar metas maiores com os recursos disponíveis.

Como implementar?

  1. Comece com um objetivo

Primeiro, avalie quais são os objetivos da empresa e dos seus colaboradores. Com base nisso, você pode gerar metas que sejam desafiadoras, mas que ainda pareçam perfeitamente plausíveis. Se houver muita facilidade, seu time não sentirá a necessidade de se esforçar. Por outro lado, se o nível de dificuldade for muito alto, você não conseguirá nada além de frustração e desistência.

  1. Ofereça recompensas de acordo com os resultados

Um aspecto fundamental da gamificação na empresa é que cada meta atingida deve ter uma recompensa direta. Se você corre atrás de um objetivo apenas por correr, é bem provável que fique cansado e desmotivado depois de um tempo. Mesmo que a diversão do jogo seja uma recompensa, ela não se mantém para sempre.

Para evitar esse desgaste, é importante que haja algo a mais no fim dessas atividades. Para isso servem as recompensas. Apenas se lembre de consultar seu time para ver o que seria de maior valor para eles. Uma viagem, uma promoção, um bônus etc. Se a recompensa for relevante, eles se esforçarão mais para alcançá-la.

  1. Mantenha uma rotina de feedback

Algo que tende a desmotivar qualquer profissional é a falta de feedback. Não é necessariamente a ausência de alguém julgando seu trabalho, mas sim de uma confirmação do resultado. Tente se imaginar participando em um jogo de cartas no qual você só sabe o que aconteceu depois que vence ou perde. Dificilmente você voltará a jogar, não é?

Para que esse não seja o caso, a gamificação na empresa segue a regra do feedback rápido. Quanto antes for possível descobrir os resultados das suas ações, mais rápido elas poderão ser corrigidas, sem perder energia extra em algo que não está gerando bons resultados.

Gostei! Como começar a utilizar uma plataforma de gamificação?

É aí que entra a Gamific. Nossa plataforma já está ajudando várias empresas a vender mais e mais a cada dia. E você pode começar a testar a Gamific gratuitamente por um mês. Para fazer isso é muito simples: basta baixar o nosso aplicativo Gamific 2.0 na sua loja de aplicativos preferida (é só clicar nos links abaixo) e começar a jogar.

App Store

Google Play Store

Ao baixar e entrar no aplicativo, clique em “Fazer login com o e-mail” para começar a utilizar a Gamific de uma forma totalmente gratuita por um mês.

Está com alguma dúvida sobre gamificação? Entre em contato com nossos promotores, eles estão à disposição para te atender.

Entre no carro, coloque o cinto de segurança, aperte o start e comece a bater recorde de vendas!

Deixe um comentário