Como estruturar, gerenciar e escalar o seu time de vendas?

Um time de vendas pode ser a base de uma empresa e o seu sucesso invariavelmente reside na gestão. Afinal, por mais que consigamos contratar vendedores bons, experientes e naturalmente talentosos, é importante dar a eles o melhor direcionamento para fazer com que a empresa cresça. Uma equipe de vendas só é um verdadeiro time quando atua em sintonia e em busca de um objetivo comum. Por isso falamos tanto a respeito de engajamento e motivação: são peças-chave para que um time de vendas possa, de fato, ser chamado de time.

Todo colaborador precisa de energia e motivação para executar as suas funções dentro de uma empresa, mas o vendedor sempre precisa de mais do que os outros. Um vendedor desmotivado dificilmente conseguirá desempenhar bem o seu trabalho. Ele precisa ser um entusiasta; quase um mágico. A tarefa de um vendedor é, falando de forma muito resumida, convencer o consumidor de que guardamos dinheiro para transformá-lo em bem-estar, qualidade de vida, status e outras formas de retorno positivo a nós mesmos e que não adianta tê-lo e não convertê-lo em coisas boas, bons produtos ou serviços. Por isso, preparamos este conteúdo para que você considere estratégias mais vantajosas para estruturar, gerenciar e escalar o seu time de vendas. Preparado? Vamos lá!

Explorando talentos pessoais

Cada indivíduo guarda dentro de si um verdadeiro universo e é essencial que um empresário – o líder – considere isso. Se você não sabe ou não consegue lidar com pessoas, contrate um gestor que saiba. No entanto, jamais deixe a sua equipe com a sensação de que você não a vê ou não a conhece e que independente do que faça, não será notada. É essencial identificar talentos pessoais no momento da contratação ou mesmo aqueles que vão aparecendo ao longo do tempo. Em seguida, é preciso colocá-los em evidência para explorá-los.

É bastante comum que muitos colaboradores sequer percebam que possuem algum tipo de talento. Sem saber de sua própria capacidade, acabam por não explorar o que possuem de melhor. Portanto, você – ou os gestores que você definiu como líderes das equipes – precisa observar de perto as pessoas que trabalham para você. Há um indivíduo que é muito inteligente? Outro que sempre faz bom uso da ironia? Há aquele que é entusiasta e consegue contagiar a todos? Há outro que é um tanto persuasivo? Identifique, mostre a todos, explore.

Identificar talentos é extremamente motivador. Faz com que o indivíduo perceba que pode crescer muito pessoalmente quando coloca em prática aquilo que tem de melhor para vender. Fazendo isso, você estabelece uma ponte entre realização pessoal e realização profissional. Desse modo, fechar bons negócios trará um sentimento de conquista em ambas as esferas, tornando um vendedor comum em alguém que se entrega totalmente ao seu trabalho e o executa da melhor forma que pode.

Gostou deste artigo? Baixe nossos e-books gratuitamente|!

Deixe um comentário