Os sete pecados da venda

Por: Ana Luiza Sancevero

Na hora de conquistar um cliente, a venda exige uma “sedução”, porém se não for bem alinhada, pode impedir que você obtenha um fechamento mais assertivo e eficaz. Por isso, preparamos alguns pecados que você pode estar cometendo na hora do seu atendimento.

 

  • 1 – Não saber o que está vendendo

O vendedor deve sempre estar preparado. Isso quer dizer que, como um bom profissional ele deve estudar sobre aquilo que está vendendo, entender as principais características, preço, diferenciais. Dessa forma o vendedor irá conseguir unir a necessidade com desejo do cliente.

 

  • 2 – Não se preparar para possíveis objeções

O cliente sempre terá dúvidas e objeções sobre o produto que está em análise. Nessa hora é importante que o colaborador estude sobre essa situação. Quais são as possíveis dúvidas? Como reverter a objeção que o cliente pode vir a ter em algo positivo para a venda do meu produto?

 

  • 3 -Abordagem desanimada

O principal cartão de visita de um colaborador é sua aparência e comportamento. Os vendedores precisam ter simpatia e um sorriso espontâneo. É importante dizer que hoje os clientes buscam muito mais que “serem atendidos”, é levado em conta a experiência como um todo, por isso fazer uma abordagem com entusiasmo e mantê-lo até o fim do atendimento.

 

  • 4 -Não ouvir o cliente

Saiba escutar! Muitas vezes o cliente tem uma ideia fixa do que ele quer, é importante que você ouça com atenção todas as características citadas. Dessa forma, você fará um atendimento mais assertivo, eficaz e eficiente, podendo proporcionar mais satisfação ao cliente.

 

  • 5 – Não dar opções

Não tem o que o cliente procura? Aproveite a oportunidade e ofereça outros produtos que possam satisfazê-lo, dentro daquilo que ele procura. Apresentar outros produtos dá a sensação de poder de escolha e instiga o cliente a querer comprar. É melhor ter opções que não tê-las.

 

  • 6 – Não negociar

Talvez esse seja o passo mais importante de todo o processo. Para negociar o vendedor deve estar preparado! Ele deve entender que se realmente quiser fechar uma venda, depende somente de sua dedicação. É necessário conhecer muito bem seus produtos/serviços e como são usados, assim como os benefícios que espera dele.

Durante essa troca de informações é importante que o vendedor saiba usar o poder que tem em mãos com sabedoria, por exemplo: Se pode dar até 10% de desconto, faça de forma gradativa, dê 3% e assim por diante, da mesma forma o parcelamento. Dessa forma não desvaloriza o produto e o cliente se sente querido por você ter feito aquele esforcinho a mais.

 

Essa é uma ótima hora para ganhar ainda mais a confiança do seu cliente. Um atendimento de alta qualidade deve conter o pós-venda. Isso pode fazer com que a relação com cliente seja duradoura, porque é a forma a qual ele entenderá que a empresa realmente se preocupa com a sua satisfação. É importante fazer com que ele se sinta especial, questione, por exemplo, se ele soube usar o produto, se está satisfeito, de que forma você pode ajudá-lo a melhorar a experiencia com o produto.

 

Se você comete algum desses pecados na hora da venda, chegou a hora de mudar e melhorar algumas atitudes. Dessa forma a possibilidade de aumentar as vendas é maior, consequentemente melhora-se a satisfação do cliente e motivação do vendedor.

Deixe um comentário