escrito por:
Karla Gondim

publicado em:
05 abr 2021

Como incluir jogos motivacionais na rotina dos call centers

É conhecido que a rotina de um call center é turbulenta e muito conturbada. Isso pela pressão constante e cobrança por resultados diariamente.

A solução para esses tipos de situações é o uso de jogos motivacionais na rotina dos colaboradores.

Afinal, como incluir os jogos motivacionais na rotina tão concorrida dos call centers? Já que sabemos que o tempo é determinante neste setor, é preciso planejar bem e estruturar uma estratégia que permita que os colaboradores tenham um tempo para incluir a gamificação no seu dia a dia.

O resultado disso pode ser muito mais benéfico do que um ou dois atendimentos a mais no dia.

Portanto, leia este texto até o fim para descobrir as vantagens de incluir os jogos motivacionais em call centers.

A influência dos jogos motivacionais

Os jogos motivacionais fazem parte das alternativas de excelente custo benefício para as empresas. Uma vez que a dinâmica da rotina é transformada e adaptada a um jogo, os colaboradores sentirão impactos positivos em sua produtividade e engajamento com as atividades.

Segundo pesquisa da TalentLMS, 89% das pessoas se dizem mais produtivas após passarem por algum processo de gamificação e 88% afirmam trabalhar com mais felicidade. Ainda, 83% dizem que receber treinamentos através dos jogos emocionais geram mais motivação e diminuem o tédio.

Treinamento esse, que é um dos fatores de sucesso de call centers. A sua prática de promover a capacitação dos colaboradores afeta no bom serviço e torna as pessoas mais preparadas. Assim, unir os jogos ao aprendizado é uma estratégia para ganhar pontos importantes com a equipe e os clientes.

Então, os jogos motivacionais influenciam toda a cadeia produtiva da empresa e impactam diretamente na satisfação e motivação dos colaboradores. Uma prática que vem ganhando cada vez mais adeptos e empresas satisfeitas com os resultados.

Como incluir os jogos emocionais em call centers?

Agora, como já sabemos que a gamificação tem grande potencial transformador dentro dos call centers, é preciso entender como incluir os jogos.

Afinal, não basta contratar uma ferramenta e sair aplicando sem qualquer objetivo ou estratégia.

Para isso, é preciso seguir alguns passos de implementação dos jogos emocionais na empresa. São eles:

  1. Identifique o problema que os jogos deverão resolver.
  2. Defina o público que será impactado pelos jogos.
  3. Trace estratégias e objetivos claros.
  4. Tenha parceiros especializados.
  5. Divulgue e incentive.
  6. Monitore constantemente.
  7. Avalie os resultados.

Se você quer saber com mais detalhes esse passo a passo, a gente explica neste texto.

As principais características que vão atrair a sua equipe

Algumas características atraem as pessoas dentro dos jogos emocionais. E a exploração delas deve ser feita de maneira cautelosa e dentro dos objetivos da estratégia, para que não haja frustração por parte dos usuários.

Entre as principais características, citamos:

Desafio: pode estar relacionado ao número de vendas, diminuição do tempo médio de atendimento, redução de reclamações, entre outros. Contudo, é preciso que haja equilíbrio nos desafios, sem que sejam fáceis demais ou impossíveis. Isso é um estímulo para o usuário.

Transparência: todo jogo tem suas regras e elas devem ser claras. Aqui não é diferente. Ser transparente é não só justo, como necessário para o desenvolvimento correto do jogo.

Melhoria de ambiente: através dos jogos emocionais, todos saem vencedores. Isso promove uma competição saudável e cooperação e positividade dentro do ambiente. As pessoas dialogam mais, se ajudam mais e deixam o ambiente mais leve e saudável.

Bonificações: talvez a característica mais marcante e atrativa dos jogos emocionais (ou de qualquer jogo) são as recompensas. O reconhecimento ajuda na motivação e engajamento dos usuários para que o objetivo seja alcançado. Reconhecer os bons desempenhos pode ser feito através de dinheiro ou com estímulos não financeiros, que têm tanto impacto quanto a primeira opção. Não só isso, as bonificações dentro da plataforma, como liberação de moedas, medalhas e troféus, por exemplo, são atrativos para que as pessoas evoluam e busquem por novas conquistas dentro da jornada da gamificação. 

Benefícios dos jogos emocionais em call centers

Até aqui, já vimos que os jogos emocionais tem poder de influência direta na produtividade das pessoas e resultados da empresa. Também que é preciso seguir um passo a passo em sua implementação e ainda aplicar algumas das principais características de atração do usuário.

Então, quais os benefícios que os jogos emocionais podem, de fato, oferecer para as equipes de call center?

Falaremos disso agora!

Ambiente estimulante e criativo

Os jogos emocionais promovem um ambiente divertido, saudável e competitivo. Todos querem ganhar, e para isso, se empenham nas atividades. Contudo, é preciso se ajudar para chegar lá.

Com isso, as equipes se conectarão de forma natural, serão cooperativas e tornarão o ambiente mais dinâmico, proativo e propício para a criação de novas soluções.

Comunicação

A comunicação é a principal ferramenta de um call center. Por isso, aprimorá-la deve ser um dos principais objetivos dos gestores. Com a gamificação, isso é possível.

Não só por ser um canal centralizador da comunicação, mas por incentivar o diálogo e conversas produtivas, sempre voltadas para as execuções das metas propostas nos jogos.

É uma forma de melhorar e aproximar a relação entre líderes e equipes.

Desenvolvimento

Através do feedback instantâneo, possível pela comunicação direta e facilitada dos jogos emocionais, as pessoas entenderão melhor qual o nível que estão dentro da empresa e os pontos que devem ser melhorados.

Isso contribui para um desenvolvimento mais rápido e assertivo. O que resulta em melhores resultados para gestores e colaboradores.

Engajamento e motivação

Todos estes estímulos gerados pelos jogos emocionais, impactam na produtividade das pessoas. Elas se sentirão parte de um objetivo maior da empresa e, assim, mais engajadas e motivadas em atingir as metas propostas.

Outro ponto positivo, é a satisfação das pessoas e o desejo de permanecer em uma empresa estimulante, diminuindo os índices de turnover e aumentando a retenção de talentos.

Fidelização de clientes

Como já dissemos, isso impacta toda a cadeia produtiva da empresa, inclusive os clientes.

Com profissionais capacitados e prontos para atender bem através das habilidades desenvolvidas, os clientes também elevarão o nível de satisfação em relação ao produto ou serviço ofertado.

Sendo assim, a fidelização e o potencial de prospecção de novos clientes aumentam na mesma proporção.

É hora de começar o jogo

Agora que você já sabe os benefícios dos jogos emocionais em call centers, convidamos para que conheça as soluções da Gamefic para o setor.

Faça o teste e prove dos resultados, avalie na prática os ganhos que a sua empresa pode ter com a gamificação.

Compartilhe


NEWSLETTER