escrito por:
Leo Affonso

publicado em:
22 dez 2020

Novos modelos de trabalho: como se preparar para o pós-pandemia

O ser humano sempre foi extremamente criativo e adaptativo. É da essência das pessoas buscarem soluções diferentes para os mesmos problemas. E não estamos falando do famoso “jeitinho brasileiro”.

Em 2020, empresas e profissionais tiveram que “se virar nos 30” para driblar todas as dificuldades impostas pela Covid-19.

Isso afetou e transformou diretamente os modelos de trabalho. O home office ganhou notoriedade e o trabalho remoto foi uma das opções mais viáveis para que as empresas continuassem a produzir.

Agora, o desafio é entender como será a reação do mercado e os modelos de trabalho que serão necessários para manter a produtividade com segurança. E é sobre isso que vamos falar neste material. Boa leitura.

Os novos modelos de trabalho

O pós-pandemia oferecerá basicamente três modelos de trabalho para as empresas. O conhecido presencial, o home office, que ganhou força em 2020 e o modelo híbrido.

Cada um com suas características e desafios, criarão projeções de novos desafios para as empresas. Afinal, a comunicação deve permanecer sem ruídos, a organização e gestão de tarefas devem estar alinhadas entre líderes e liderados, além da motivação e engajamento serem fatores de preocupação, principalmente com os efeitos que causarão na produtividade dos colaboradores.

Por isso, vamos falar um pouco sobre cada modelo e como se preparar agora e estar afinado para o pós-pandemia.

Presencial

Mesmo sendo o modelo de trabalho mais tradicional, o formato presencial sofrerá duras mudanças em sua volta, gradual ou imediata, no pós-pandemia.

Afinal, o mais importante, acima de tudo, deve ser a saúde dos colaboradores.

Contudo, novas regras e hábitos deverão ser adotados, como o distanciamento social, a higienização constante do ambiente e equipamentos, além de formatos diferenciados para reuniões e atividades relacionadas ao trabalho que envolvam muitas pessoas.

Não só os modelos, como também as relações de trabalho serão afetadas. Por isso, uma comunicação eficaz e a organização dentro do ambiente serão cada vez mais importantes para o sucesso do negócio.

Home Office

O home office foi uma grata surpresa para muitas organizações, inclusive, algumas empresas já estudam adotar o home office permanente.

Além da economia gerada em suas estruturas físicas, o trabalho remoto melhorou o ânimo dos trabalhadores.  Seja pela ausência dos trânsitos na hora do rush ou pela aglomeração em transporte coletivo, as pessoas se sentiram mais leves, e também mais produtivas.  

Contudo, há algumas exigências por lei sobre este modelo de trabalho.

Na escolha pelo modelo home office, a empresa deve dar a opção de prover a estrutura necessária para que o colaborador exerça sua função. Da mesma forma, pode ser acordado livre horário para trabalho ou o cumprimento de uma jornada, inclusive com controle de ponto e acúmulo de hora extra, se necessário.

Agora, pensando estrategicamente, o home office tem grande potencial desde que bem estruturado e implementado pela empresa.

Para isso, a organização deve se preparar com toda uma estrutura de tecnologias e ferramentas de gestão de tarefas, tempo e pessoas, que permitam comunicação constante e imediata, uma rede de compartilhamento de informações e arquivos e até mesmo salas virtuais para realização de reuniões.

Híbrido

Um modelo de trabalho que tende a ter boa aceitação no pós-pandemia é o híbrido.

Afinal, é um modelo democrático que permite que o colaborador ajuste a sua carga de trabalho em locais que ele se sinta mais à vontade e produtivo.

Ou seja, será possível trabalhar uma parte da semana em casa e outra parte na empresa. Sendo assim, as organizações podem traçar estratégias de encontros temporários de grupos de trabalho a fim de manter o contato, troca de experiências e melhorias contínuas nos modelos de trabalho.

A flexibilidade tem como consequências colaboradores mais engajados, por se sentirem seguros e amparados por uma empresa que acredita no potencial de produtividade independente do lugar.

Conte nos comentários. Qual dos modelos de trabalho você prefere?

Quais as novas habilidades para o momento?

Empresas, gestão e colaboradores deverão adquirir novas características e habilidades para o crescimento e adaptação no pós-pandemia. Independente de quais dos modelos de trabalho seja escolhido.

Empresa

A estrutura física de uma organização ganhará novos sentidos. Mais do que nunca, ela será um espaço de integração, convivência e compartilhamento de experiências.

É preciso entender, de acordo com o segmento e perfil de colaboradores, como capitalizar essas experiências e transformá-las em conhecimento e crescimento dentro do negócio.

Colaborador

Na era do conteúdo, é fundamental engajar na era do conhecimento. O mercado se tornará mais plural, mais diversificado, com novos pensamentos. Portanto, é fundamental adquirir novas habilidades para estar preparado para os novos desafios.

É preciso fazer uma autoanálise e entender qual o melhor modelo de trabalho para se manter produtivo e engajado, não optando por algum que prejudique o desempenho.

Gestão

A tecnologia será fator decisivo no sucesso do negócio. No pós-pandemia, empresas deverão, de fato, tomar decisões a partir de métricas e dados precisos sobre o desempenho das pessoas e dos resultados.

A gestão deverá ser mais próxima das pessoas, incentivando o crescimento e focando as entregas sobre qualidade, não quantidade e nem baseado em horário.

É uma grande oportunidade para a reformulação e inovação dos modelos de negócios.

Quer saber mais sobre a gestão de pessoas? Nós falamos sobre isso neste texto.

Novo mercado, novas oportunidades

O mercado de trabalho tende a ser mais inclusivo no pós-pandemia. Principalmente pela facilidade do trabalho remoto, pessoas que antes não tinham a oportunidade de chegar à uma organização, agora estão a poucos cliques de uma vaga.

Por isso, empresas devem se atentar à diversidade, tornando seus times plurais, criativos e inovadores.

Em resumo, as empresas devem prestar atenção em pontos importantes, seja quaisquer modelos de trabalho optar:

  • Oferecer segurança e qualidade de trabalho
  • Conhecer as legislações sobre os modelos de trabalho
  • Oferecer ferramentas corretas para execução de atividades
  • Estudar a fundo o perfil dos colaboradores e oferecer modelos democráticos
  • Incentivar o crescimento contínuo de habilidades

O futuro ainda é meio nebuloso. Contudo, estratégia e foco podem tornar o caminho mais claro. 

Compartilhe


NEWSLETTER